“Isso é coisa de macumba?”: objetos de museus na educação

por Carina Martins

Abordar objetos religiosos no ensino de História é um desafio! A professora Carolina Ferreira (SME-RJ) enfrentou uma situação bastante inusitada em sua sala de aula. Em uma festa, as crianças comiam animadamente todos os quitutes, menos um bolo. Intrigada, soube logo que ele havia sido levado por um aluno praticante da umbanda e, portanto, foi considerado “da macumba”. Com sua sensibilidade, promoveu a partir daí muitos movimentos e diálogos com a turma. No Mestrado Profissional em Ensino de História (UERJ), desenvolveu o material pedagógico “Religiosidades nos museus”, que já foi apresentado em inúmeros congressos e constitui contribuição original e corajosa para um tema que tem sido evitado por professoras/es em todo país com avanço do conservadorismo na educação. Ela pesquisou três museus cariocas, a saber, Museu da Maré, Museu Histórico Nacional e Museu Nacional. Infelizmente, uma das exposições, “Kumbukumbu”,  não existe mais, devorada pelo incêndio.

Hoje, como presente de um mês do blog, disponibilizaremos o material aqui. Quem quiser conhecer sua pesquisa e embasamento teórico, recomendo baixar a tese “Isso é coisa de macumba? elaboração de um material pedagógico de História sobre as religiosidades afro-brasileiras em museus do Rio de Janeiro”, que tive prazer de orientar. Carolina é professora-pesquisadora, artesã das palavras e atenta à aprendizagem, por isso seu material é tão inspirador.

 

capa carol

 

BAIXE OS ARQUIVOS AQUI!! 

capa religiosidades nos museus
livreto religiosidade nos museus

Dissertação completa: http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/174826

 

INSCREVA-SE NO BLOG!

Pedagogia do pedestre

Expor Visões

Exporvisões Visualizar tudo →

Miradas afetivas sobre museus, patrimônios e afins

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: