Rio de Marielle: a produção de roteiros e materiais pedagógicos

por Carina Martins

 

Em homenagem à exposição “Tempos de Marielle”, do Museu da Maré, divulgaremos nas próximas semanas trabalhos pedagógicos desenvolvidos na UERJ no primeiro semestre de 2018.

A turma de Estágio II do curso de História foi convidada por mim a produzir roteiros, vídeos, performances e materiais pedagógicos sobre a memória de lideranças e movimentos sociais na cidade do Rio de Janeiro. Todos/as escolheram Marielle, impactados/as com o recente assassinato e pela liderança exercida por ela em vários temas que os afetava, inclusive na defesa da UERJ.

Orientar um trabalho desses, aliando reflexão teórica sobre direito à cidade, concepções de ensino-aprendizagem, educação e patrimônio, não foi tarefa fácil. Escreverei sobre o processo em outro momento, que gerou um forte movimento em todos nós. Foi curativo estar com tantos jovens refletindo sobre o saber histórico e seu papel no luto e na luta.

rios de marielle

Um fruto desse trabalho é o instagram @riodemarielle, que rapidamente construiu uma base partilhada de fotografias e registros por toda cidade, Brasil e até mundo. Os autores são Lucas Soares, Felipe Alvarenga e Laura Paiva. Conheça o roteiro pedagógico e todas as atividades elaboradas pelo grupo no trabalho em anexo. Agradeço a eles/as pela autorização da partilha, que espero que seja inspiradora para muitas ações em sala de aula e fora dela.

 

BAIXE AQUI:

trabalho horto final

 

Pedagogia do pedestre

Expor Visões

Exporvisões Visualizar tudo →

Miradas afetivas sobre museus, patrimônios e afins

2 comentários Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: