Bay Xeká: memórias de uma exposição polifônica

Por Carina Martins

Em outubro de 1998, foi inaugurada a exposição “Bay Xeká: os índios Maxakalis”, com duração de 11 dias em um shopping popular da cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. Era uma proposta do Setor de Arqueoastronomia e Etnologia Americana de extrapolar os muros da UFJF, do qual fazia parte como estagiária voluntária há três anos. Tinha sido convidada pelo Prof. Franz Hochleitner em uma visita que fiz com minha amiga Adriana, quando cursávamos o Ensino Médio. Aceitamos.

Read More

Encontro marcado: memórias com os Maxakali

Por Carina Martins

Estranho como a pandemia nos tira da programação. Mês de abril nossa pauta era patrimônio e saberes indígenas e escrevi vários textos mentais sobre o tema. Nenhum deles, claro, chegou ao papel. Assim, optamos por compartilhar nas redes sociais as inúmeras iniciativas do #abrilindígena, felizes por essa profusão de podcasts, livros, filmes e vídeos indígenas.

Read More

As coisas que não são coisas: dois casos no Museu Nacional

Por Carina Martins Costa

Quando pensamos em coisas, artefatos ou bens materiais, estamos no terreno da cultura. São construções realizadas pelo ser humano com variados objetivos – estético, funcional, espiritual, memorial, dentre outros – e revelam como sentimos, pensamos, trabalhamos, somos, criamos, imaginamos.

Read More